17 agosto 2014

frankenstein - Mazy Shelley - Resenha



Mary Shelley (1797-1851), escreveu Frankenstein para participar de um concurso de histórias de terror realizado na intimidade do castelo de Lord Byron. A história do dr. Victor Frankenstein e da monstruosa criatura por ele concebida vem fascinando gerações desde que foi publicada há mais de cem anos. Frankenstein representa um dos mais estranhos florescimentos da imaginação romântica.

           "Pedi eu, ó meu criador, que do barro me fizesses homem?  Pedi para que me arrancasses das trevas?"




Victor Frankestein, desde pequeno sempre foi apaixonado pelo estudo do corpo humano e com grande influência acaba virando estudante de ciências naturais. Sua paixão acaba virando então uma obssesão e então Victor corre atrás de descobrir o que seria " a essência da vida". Até que chega a hora em que ele começa a criar seu próprio ser a partir de seus estudos, mas o que Frankenstein não esperava era que a sua criação se tornasse na verdade uma aberração.

Após a criação, Victor leva um grande susto e sai correndo com grande admiração por ter criado um monstro com aparência tão assustadora. Apenas mais pra frente que Victor acaba encontrando novamente a "coisa" criada por ele, e é a partir daí que a história é narrada pelo monstro onde ele conta como foi sua adaptação com o clima, seus passos para a prender a se comunicar e como foi viver escondido com medo que as pessoas se assustassem com sua aparência.
A coisa tenta fazer um acordo com Victor onde em troca o monstro iria embora para sempre, onde ele acaba aceitando a proposta afim de se livrar de vez do monstro, mas nada deu tão certo quando Victor pensava que seria, e para descobrir todo o enredo real da história apenas comprando o livro pois nada de spoiler por aqui.


O livro recebe sem sombra de duvidas 10 estrelas, porque para mim a autora conseguiu me transmitir toda a tristeza, todo a aflição do monstro, simplesmente fiquei encantado pelo fato de ser um gênero de livro que não me chama muita atenção e segundo por ser um clássico que eu consegui ter mais prazer na leitura do que geralmente tenho em um livro de hoje em dia. O livro é publicado pelo editora L&PM em versão pocket em uma edição simples e muito elegante.


Espero que tenham gostado da resenha, comentem abaixo o que acharam e se tiveram interesse na leitura deste clássico de terror, e nos siga no twitter. /Thales



2 comentários: